Facebook
30/11/2017 - 22h20m

GANHOU R$ 10 MIL

Moradora de Tocantinópolis ganha indenização após ser impedida de embarcar em voo em Palmas

Redação

Moradora de Tocantinópolis foi barrada no aeroporto de Palmas na hora em que fez o check-in (Foto: Márcio Vieira/Procon)

Uma passageira ganhou uma indenização de R$ 10 mil após sem impedida de embarcar em um voo da companhia áerea Latam, em Palmas. A mulher estava viajando para São Paulo, onde tinha consultas médicas agendadas e teve que comprar outra passagem. O problema ocorreu porque ela tinha esquecido de colocar o sobrenome no cartão de embarque na hora que fez a compra. A mulher mora em Tocantinópolis, a 517 quilômetros de Palmas, e viajou até a capital de carro. Conforme consta no processo, ao chegar no Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues para fazer o check- in, a mulher não cosneguiu embarcar, mesmo mostrando todos os documentos. Para seguir viagem, ela teve que pagar R$ 934,18 em uma nova passagem.

O problema ocorreu em janeiro deste ano e nesta quinta-feira, 30, o juiz Arióstenis Guimarães Vieira, de Tocantinópolis, decidiu que a mulher deve ser indenizada. Ele determinou que o valor pago pela nova passagem seja devolvido com juros. Além disso, a companhia aérea Latam terá que pagar R$ 10 de indenização.

"Uma simples consulta ao CPF da autora seria suficiente para realizar a identificação plena e incluir as informações complementares", comentou o juiz na decisão. Ainda conforme a decisão, o check- in é justamente o momento para que os documentos sejam verificados.

A Latam foi procurada e disse que vai se manifestar somente no processo. A decisão cabe recurso.

Deixe seu comentário:

WRGPS aulãoFarcomGPS PORTUGUÊSVereador Professor Júnior GeoGPS GANHADORESSucesso FMGpsBAUGps(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)GPSWELLBlog do Felipe de Sá