kitnets
Facebook
12/11/2014 - 14h48m

Júnior Geo contesta Valdemar e reafirma superfaturamento no show do Patati e Patatá

Ascom Vereador Professor Júnior Geo
O vereador professor Júnior Geo (Pros) na sessão desta quarta-feira, 12, contestou as informações do vereador Valdemar Júnior (PSD) reafirmando que houve superfaturamento no pagamento do show do Patati e Patatá, por se tratar de única apresentação com duração de aproximadamente duas horas, apenas na Praça do Bosque. 
Na sessão de ontem, após Júnior Geo denunciar a prefeitura de Palmas pela contratação do show dos palhaços Patati e Patatá com o grupo No Mundo dos Super Heróis, no valor de R$ 404 mil, o vereador Valdemar Júnior apoiou seu colega parlamentar, afirmando que o fato deveria ser apurado.
Porém, na sessão de hoje, 12, Valdemar defendeu a empresa Music Up Comunicação e Eventos Eireli, envolvida no processo. Relatou uma série de atrações do evento em comemoração ao Dia das Crianças, como apresentações de malabares, homem aranha, princesa Fiona dentre outros. Segundo ele, foram 38 shows, envolvendo 47 pessoas, em apresentações simultâneas na capital. 
Júnior Geo confrontou Valdemar afirmando que todas as apresentações ocorreram no mesmo local, na Praça do Bosque e não em bairros estratégicos de Palmas, conforme justificativa do colega parlamentar.  
Entenda
Na sessão de ontem, 11, Júnior Geo denunciou na tribuna da Casa que a prefeitura contratou na modalidade de inexigibilidade de licitação os artistas que se apresentaram no evento do Dia das Crianças, por meio da empresa Music Up Comunicação e Eventos Eireli, no valor de R$ 404 mil.
Ainda segundo Júnior Geo, a empresa foi a responsável pela contratação dos artistas que se apresentaram no festival Gastronômico de Taquaruçu, Nando Reis, Kiko Zambianchi, Jorge Vercilio e Paula Toller, a um montante de R$ 540 mil. Também foi responsável pela contratação das bandas Edipherente, Leva noiz e Levada louca para se apresentarem no carnaval 2014, no valor de R$ 330 mil. Ao todo, o município de Palmas injetou R$ 1 milhão e 274 mil, apenas em 2014, na empresa de eventos para a contratação dos shows.

Deixe seu comentário:

jrarmazém paraíbarocha alGPSvalériaBAUSucesso FMDudu a Fora