ISQP  Variação de Consumo
Facebook
29/12/2016 - 06h50m

FALTA DE PAGAMENTO

Hospital Geral de Parauapebas tem tratamento de hemodiálise suspenso

Redação

O serviço de hemodiálise do Hospital Geral de Parauapebas-PA vai ser suspenso por falta de pagamento. Segundo a empresa que administra o serviço, que iniciou há três meses, a Prefeitura de Parauapebas-PA não realizou o pagamento.

"Eles (os diabéticos e hipertensos) internam nas urgências e emergências dos hospitais, é detectada perda da função renal e daí começa uma hemodiálise via internamento. E os pacientes não têm como saírem de lá se não tiver o tratamento ambulatorial. Ai eles ocupam leitos. Isso é o que a gente está vendo no Brasil inteiro", explica Belina Soares, diretora da Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará.

Enquanto o caso não se resolve, pacientes que dependem do tratamento ficam angustiados na espera de disponibilidade para o serviço em Parauapebas-PA.

"Que eles vissem a situação mais de perto, com atenção, porque eu não desejo isso a ninguém, fazer hemodiálise. E ter a possibilidade de ter aqui no nosso município, com todas as verbas que tem, a gente merecia continuar fazendo esse tratamento aqui", pediu Jackson Gomes, paciente renal e que terá que percorrer 170 quilômetros até chegar em Marabá para dar continuidade no tratamento.

Em nota, a prefeitura de Parauapebas informou que parte dos repasses referentes aos serviços prestados pelo grupo de apoio á medicina preventiva e a empresa responsável pelo gerenciamento do Hospital Geral de Parauapebas já foi realizada, mas em função de inconsistências encontradas na prestação de contas os repasses nos valores restantes ainda dependem do parecer do Ministério Público junto com o Conselho Municipal de Saúde para serem efetuados.

Deixe seu comentário:

GPSFarcomVereador Professor Júnior GeoGPSSucesso FMBAU(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)WELLBlog do Felipe de Sá