Facebook
28/12/2017 - 14h38m

PROJETO PREVENIR

Governo reforça ações de prevenção, tratamento e reinserção social no Bico

Com informações de Tamires Rodrigues

Projeto Prevenir percorrerá dez cidades biquenses em 2017, com foco na juventude (Foto: Seciju)

Após percorrer sete cidades tocantinenses, o Projeto Prevenir continuará sua programação no ano de 2018, até o mês de julho, completando, assim, a marca de 40 municípios beneficiados, sendo 10 municípios do Bico do Papagaio; Ananás, Araguatins, Augustinópolis, Axixá do Tocantins, Buriti do Tocantins, Esperantina, Praia Norte, São Miguel do Tocantins, Sítio Novo do Tocantins e Tocantinópolis. As localidades são selecionadas em virtude de detecção de problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas, e a necessidade do fortalecimento de trabalho da política estadual na área de prevenção, tratamento e reinserção social.

O Projeto Prevenir é mais uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Superintendência de Ações sobre Drogas, como ferramenta de combate ao uso abusivo de álcool e outras drogas, com esclarecimentos junto à comunidade escolar e a participação social, debatendo e envolvendo a sociedade nas discussões. “As drogas são a porta de entrada para o mundo do crime, quando não para condições de vida degradantes, e não podemos deixar que nossos jovens caiam nessa armadilha”, alerta o secretário da Cidadania e Justiça e presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Conesd-TO),Glauber de Oliveira.

O projeto promove os esclarecimentos também em outras áreas, como gravidez na adolescência, evasão escolar, tabagismo e a construção de cultura de incentivo da prática esportiva, das artes, da música, apoiando as políticas públicas que garantam a afirmação dos direitos dos adolescentes e jovens. “Levamos essa mensagem de combate ao abuso do álcool e de outras drogas de uma forma irreverente e animada, do jeito que os jovens realmente entendam”, afirma o superintendente de Ações sobre Drogas e vice-presidente do Conesd-TO, José Américo Rosa Júnior.

Parte imprescindível da programação nas cidades é a palestra “Juventude e as drogas – O que você quer ser quando crescer”, e ainda apresentações dos vídeos educativos “Zombie”, “Prevenir, o melhor caminho”, “Mente escura” e “Alicia”, bem como espetáculos circenses com a Companhia Os Kaco e distribuição de material preventivo e educativo alusivo ao uso de drogas. As mesmas atividades são realizadas nas escolas.

As cidades acessadas pelo projeto em novembro de 2017 foram: Araguaçu, no dia 10; Santa Rosa, no dia 21; Peixe, no dia 22; Ipueiras, no dia 27; e Silvanópolis, no dia 29. Cristalândia foi atendida no dia 1º de dezembro. Em Palmas foram duas edições, nos dias 20 de novembro e 13 de dezembro.

Semana

A Seciju reforçou esse trabalho, paralelamente, por meio da 15ª Semana Estadual Sobre Drogas em escolas públicas de Palmas, Cristalândia e Silvanópolis, visando reduzir as consequencias sociais que afetam a saúde, a família, a comunidade e a sociedade, decorrente do uso indevido de álcool e outras drogas.

Em Palmas, a Semana Estadual Sobre Drogas aconteceu paralela ao Congresso Estadual de Políticas sobre Drogas na Contemporaneidade, que teve como tema “Desafios do Abuso de Álcool e outras Drogas” e que contou com 649 inscritos. Essa foi a primeira edição do congresso, cujo objetivo foi levantar reflexões para o fortalecimento das políticas públicas sobre drogas no Tocantins, dialogar com diferentes executores da política sobre drogas, bem como de apresentar ações de planejamento, gestão e avaliação de dados para potencializar as ferramentas para prevenção, redução de danos e tratamento de pessoas que possuem problemas com álcool e outras drogas.

Progresso

De acordo com José Américo Rosa Júnior, o Tocantins vive um momento de progresso nas ações sobre drogas desenvolvidas no Estado. “As atividades vieram reforçar o compromisso do Governo do Tocantins no cumprimento das diretrizes da Política Nacional sobre Drogas, acreditando na prevenção e na informação como instrução para que os jovens possam escolher caminhos mais oportunos” explica.

Caminhando para cumprir os eixos propostos pela pasta de Tratamento, Prevenção e Reintegração Social, em 2018 será realizado o 2º Congresso Estadual de Políticas sobre Drogas na Contemporaneidade, bem como o Fórum Brasileiro de Gestores de Políticas sobre Drogas, em Palmas. 

Deixe seu comentário:

WRGPSFarcomGPS portuguêsVereador Professor Júnior GeoGPSSucesso FMBAU(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)WELLBlog do Felipe de Sá