Maxima Emprestimos
kitnets
Facebook
16/06/2017 - 17h09m

BOA NOTÍCIA

Governo inicia pavimentação asfáltica de mais um trecho no Bico

Usuários da TO-126 entre Aguiarnópolis e Tocantinópolis precisam de mais atenção devido a obras de reconstrução do asfalto na via

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), iniciou as obras de reconstrução do pavimento asfáltico da TO-126 entre Tocantinópolis e Aguiarnópolis. O trecho da rodovia possui 25,73 quilômetros que além da reabilitação do pavimento, também receberão obras de drenagem e de sinalização.

Os trabalhos nessa rodovia começaram após o término da reconstrução do pavimento da TO-134, entre Luzinópolis e Angico nesta semana. Esse trecho de pouco mais de 24 quilômetros já está preparado para receber a sinalização viária.

Trecho em obras

As obras fazem parte do convênio entre o Estado e o Banco Mundial celebrado em 2015, no valor de R$ 314 milhões que pretende revitalizar 1.145 quilômetros de rodovias tocantinenses por meio do  Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável  (PDRIS), na modalidade Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (CREMA).

Trecho da TO-126 do Entorncamento da BR-230 até Tocantinópolis teve reconstrução de asfalto iniciada nesta semana

De acordo com o presidente da Ageto, Sérgio Leão, após a construção dos trechos, a empresa contratada deverá cuidar da manutenção da via por mais três anos. “Esse tipo contrato é muito benéfico para o sistema logístico e garante que a rodovia fique em perfeitas condições por muito mais tempo”, explicou o gestor.

A reconstrução da TO-126 entre Aguiarnópolis e Tocantinópolis é mais um trecho no qual o Governo do Estado proporciona mais segurança e conforto aos usuários

 

Só na região do Bico do Papagaio, o Governo está fazendo a reconstrução de 18 trechos de oito  rodovias estaduais, que somados dão um total de 378,43 quilômetros de extensão, ao custo de R$ 88.335.581,85. A estimativa é de que a comunidade de 18 cidades sejam diretamente beneficiadas com as obras. A empresa responsável é a construtora Jurema Ltda. (Erica Lima)

Técnicos recolhem amostra para análise da nova base da rodovia onde foi incorporado os restos do asfalto velho na construção da nova base

Deixe seu comentário:

jrarmazém paraíbarocha alGPS aulãoGPSvalériaBAUSucesso FMDudu a Fora